30
Maio
2018

VI Congresso Ibero-Americano e o IX Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação

Apresentação

O VI Congresso Ibero-Americano de Política e Administração da Educação e o IX Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação realizar-se-ão entre 30 de maio e 1 de junho de 2018 em Lleida, Espanha.

Os congressos têm como tema central “Política e Gestão da Educação Ibero-Americana: tendências e desafios” e são promovidos pelo Fórum Português de Administração Educacional (FPAE), pela Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE) e pelo Fórum Europeu de Administradores da Educação na Espanha (FEAE).

Nos dias 28 e 29 de maio de 2018 decorrerão atividades prévias ao congresso, mas asseguradas pela comissão organizadora do mesmo, que visam incentivar o intercâmbio e a realização conjunta de pesquisas entre investigadores dos diferentes países, que trabalham em áreas próximas. Nos dias 2 e 3 de Junho de 2018 haverá uma programação optativa com visitas técnicas e culturais a Barcelona.

 

Eixos temáticos

  • Política e gestão da educação básica e secundária
  • Política e gestão da educação superior
  • Políticas e práticas de formação dos docentes e dirigentes escolares
  • Políticas e práticas de planeamento, financiamento e avaliação da educação
  • Gestão pedagógica, organização curricular e qualidade da educação
  • Educação e direitos humanos, diversidade cultural e inclusão social

 

Datas importantes

08/12/2017 – Abertura de inscrições e início da submissão de resumos para o congresso

15/02/2018 – Data limite para apresentação de resumos

05/03/2018 – Data limite para notificação dos autores sobre a aceitação das propostas

12/03/2018 – Fim do prazo de inscrição com apresentação de comunicação

01/05/2018 – Divulgação do programa oficial do congresso

05/05/2018 – Fim do prazo de inscrição sem apresentação de comunicação

27 e 28/5/2018 – Atividades de partilha de investigação (mesas-redondas, encontros,  etc.)

29/05/2018 – Inauguração oficial do congresso

 

Valores de inscrição

Valor de inscrição para associados do FPAE: 75 Euros

Valor de inscrição para não associados do FPAE: 120 Euros

 

Formas de Pagamento

Transferência bancária para o NIB 003300005006277815605 e envio de comprovativo para o email fpae.pt@gmail.com

 

Submissão de trabalhos

Regras gerais para apresentação de comunicações

Os participantes portugueses poderão inscrever-se, unicamente, pelo Fórum Português de Administração (FPAE) através deste formulário e os trabalhos enviados serão avaliados pela comissão Científica do FPAE. Serão tidas em consideração apenas as comunicações que respeitem as seguintes condições:

  • Cada pessoa só poderá ser autora de uma única comunicação oral ou coautora de duas (máximo);
  • Cada comunicação poderá ter um máximo de quatro autores;
  • Não será possível corrigir ou modificar os resumos das comunicações depois de serem aceitas pela organização do congresso;
  • As propostas de resumo deverão ser enviados para o email do FPAE até 15 de fevereiro de 2018 (fpae.pt@gmail.com);
  • Só podem apresentar comunicações os participantes que tenham realizado a sua inscrição e pagamento até 5 de março de 2018.

 

Normas para a submissão de resumos das comunicações

A apresentação de comunicações requer a apresentação de um resumo com 800 a 2000 carateres (com espaços) e três palavras-chave.

As comunicações podem incluir estudos, trabalhos académicos e relatos de experiências, devendo indicar o eixo temático a que preferencialmente se destinam.

O resumo deverá ser enviado em Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5 e alinhamento justificado. O título deve estar em letra maiúscula e em negrito, com alinhamento central. Os nomes dos autores devem aparecer debaixo do título da obra, alinhado à esquerda, seguido da identificação da instituição, do país de origem e do e-mail. As referências bibliográficas devem seguir as normas APA.

 

Resultados da avaliação da Comissão Científica

A avaliação dos trabalhos pela Comissão Científica é conclusiva e, como tal, não está sujeita a revisão. Nesse sentido, reiteramos a importância do cumprimento das regras gerais de apresentação de comunicações e da submissão de resumos. O resultado da avaliação dos trabalhos será comunicado aos interessados, através do e-mail do FPAE, até 5 de março de 2018. 

 

Critérios de avaliação dos trabalhos por parte do Comitê Científico

  • Clareza na formulação e desenvolvimento do tema
  • Relevância da contribuição para a política e a gestão da educação
  • Consistência e a precisão dos enquadramentos teórico se metodológico
  • Correção na linguagem do texto e cumprimento das normas APA
  • O cumprimento das condições de apresentação e as regras de formatação

 

 

Comité Científico Internacional

PORTUGAL

João Barroso (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)
Jorge Adelino Costa (Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro).
Licínío Lima ( Instituto de Educação da Universidade do Minho)
Maria de Fátima Chorão Cavaleiro Sanches (Instituto de Educação da Universidade de Lisboa)
Mariana Dias (Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Lisboa)

 

BRASIL
Daniela da Costa Britto Pereira Lima (UFG)
Elton Luiz Nardi (UNOESC)
João Ferreira de Oliveira (UFG)
Lúcia Maria de Assis (UFG)
Luciana Rosa Marques (UFPE)
Márcia Ângela Aguiar (UFPE)
Marcelo Soares Pereira da Silva (UFU)
Regina Tereza Cestari de Oliveira (UCDB)
Terezinha Fátima Andrade M. dos Santos Lima (UFPA)

ESPANHA

Alfonso Fernández Martínez (Inspección de Educación. País Vasco)
Carmen Romero Ureña (Universidad de Valladolid)
Daniel Rodríguez Arenas (Universidad de Castilla-La Mancha, Facultad de educación de Toledo)
José Manuel Cabada Álvarez (Presidente de laAsociaciónEspañola para laEducación Especial)
José Ramón Blas Pastor (Doctor em Biología y Profesor de Enseñanza Secundaria).
Josep Serentill Rubio (Inspección de Educación. Catalunya)
Juan Salamé Sala (UNED, Universidad Nacional de Educación a Distancia)
Maríadel Pilar Alonso Duarte (Psicopedagoga enel EOEP específico de deficiencia auditiva de Cáceres)
Pedro NavareñoPinadero (Responsable de implementacióndel sistema escalae)
Santiago EstañánVanacloig (Consejería de Educación. Gobierno de Valencia)
Santiago Esteban Frades (Universidad de Valladolid)